Encontro Educação e Saúde lança livro sobre Educanvisa


O encontro é uma iniciativa educativa e mobilizadora da Anvisa e propõe a troca de experiências vivenciadas ao longo da realização do projeto Educanvisa.

 

Nos dias 18 e 19 de setembro, foi realizada no Hotel San Marco, em Brasília, a sexta edição do encontro Educação e Saúde – a dose certa para uma vida saudável. Resultado de uma parceria da Anvisa com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), o evento é uma das ações desenvolvidas no âmbito do projeto Educanvisa – Educação em Vigilância Sanitária.

Com cerca de 140 participantes, o encontro contou com a presença de professores das escolas da rede pública das localidades que desenvolveram o Educanvisa, profissionais de saúde – em especial os de vigilância sanitária –, especialistas nas áreas da educação, comunicação e promoção da saúde e, ainda, profissionais que se dedicam a assuntos relacionados às tecnologias inovadoras e emergentes de educação.

Paralelamente ao evento, foi realizada uma mostra cultural com trabalhos desenvolvidos por alunos e professoras das escolas que participam do Educanvisa. Segundo os organizadores do Educação e Saúde, nessa mostra é possível reconhecer, de fato, todo o esforço feito pelos estados e municípios na implementação do projeto. Os participantes do encontro acompanharam, também, o lançamento da publicação Educação em Vigilância Sanitária – Textos e Contextos, que registra as experiências exitosas relatadas no último encontro.

Transformação

De acordo com a gerente geral substituta de Coordenação e Fortalecimento do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, Adriana Nunes de Oliveira, que abriu o evento, o momento é de troca de conhecimentos entre todos os participantes do Educanvisa, para estimular a continuidade do projeto e de ações educativas em vigilância sanitária. “Esse projeto está incorporado de fato na política de saúde e tem um enorme poder de transformação da nossa sociedade. Aqui temos a oportunidade de fazer reflexões e encontrar caminhos de melhoria e de avanços”, afirmou Adriana.

Já Claudia Rabelo, coordenadora de Fortalecimento do SNVS, considera o encontro a melhor parte do projeto. “É um momento em que vemos na prática o que de fato está sendo feito no Educanvisa e vivemos toda essa emoção da transformação de práticas construídas por todos os envolvidos”, completou.

Encontro

O Educação e Saúde acontece a cada dois anos. Durante os dois dias do evento, os participantes compartilham saberes e práticas. A troca de experiências se dá por meio de um espaço permanente de discussão e diálogo, aportando conhecimentos sobre saúde, em especial sobre vigilância sanitária, e incentivando a construção de práticas educativas coletivas, criativas e transformadoras.

No primeiro dia desta edição do encontro, além de palestras de especialistas, uma exposição dialogada abordou a coordenação descentralizada do Educanvisa e uma conferência magna propôs uma imersão dos participantes nos temas discutidos. Já na quarta-feira (19/9), os participantes puderam vivenciar a apresentação de diversos trabalhos escolares sobre os temas de saúde e participar de uma mesa-redonda sobre criatividade na comunicação e tecnologias inovadoras e emergentes na transformação da prática educativa.

Educanvisa

O Educanvisa – Educação em Vigilância Sanitária é um projeto educativo da Anvisa. Criado em 2005, destina-se à capacitação de professores da rede pública de ensino em assuntos relacionados à vigilância sanitária que são trabalhados na comunidade escolar. É uma atividade de promoção da saúde e de prevenção de doenças, cuja ideia central é alertar professores e alunos sobre os riscos e os danos associados ao uso inadequado de produtos sujeitos ao controle sanitário.

Entre 2006 e 2017, o Educanvisa atendeu, diretamente, mais de 200 mil alunos de 1.456 escolas públicas brasileiras e promoveu a formação de mais de 7 mil professores, 678 profissionais de vigilância sanitária e 763 secretarias de educação em 352 cidades do Brasil.

 

Fonte: ANVISA.

Fale conosco via Whatsapp